Projeto Arquitetônico | Casa RA

Seguindo as diretrizes dos clientes, esta bela casa brutalista foi projetada seguindo os conceitos do minimalismo, onde menos é mais, eliminando, por exemplo, quaisquer tipos de ambientes subutilizados, e teve como referência acabamentos brutos e naturais. A busca pela privacidade guiou o projeto a eliminar aberturas para a rua, priorizando as aberturas para o terreno. Assim, na fachada frontal temos apenas o acesso de pedestres e veículos, em madeira ripada, contrapondo com o material frio e bruto do concreto aparente do volume social.
Um dos pontos de partida foi o pé direito duplo voltado para o terreno, à esquerda da planta, deixando o lado direito para o volume da área íntima, a fim de aproveitar a melhor insolação para os quartos. Logo, ao entrar na residência, que até então é bastante intimista, nos deparamos com uma generosa abertura para a vegetação nativa do terreno, fazendo com que a iluminação e ventilação naturais tomem conta da área social.
O enxuto programa de necessidades atende as necessidades do jovem casal, que passa boa parte do tempo fora de casa e, nos momentos que desfrutam do lar, se encontram na cozinha ou no quarto e, às vezes, na varanda social com alguns bons amigos.
O terreno em declive, que no início parecia um desafio, casou totalmente com a casa privada que o casal buscava, resultando no afloramento da edificação, principalmente do volume íntimo, que parece flutuar sobre o terreno.

Vídeo
Plantas